Friday, August 5, 2022

Um grupo de amigos e um céu escuro faz o tempo desaparecer!

O criador da Teoria da Relatividade, Albert Einstein, referia-se ao fato de o tempo ser relativo, vinculando-o à velocidade.

Como fazer a noção tempo desaparecer ? Minha receita é juntar um grupo de amigos, viajar até um céu escuro e praticar astrofotografia! Alguns de nós perdeu a noção do espaço-tempo e não sabia onde estava depois de acordar 😅, o outro não sabia mais que dia da semana era 😁.... e por ai vai!

Essa é a consequência dessa imersão, o dia e a noite dedicados ao nosso hobby... 


É um tempo aguardado o ano todo! E não é pra menos, nesse céu da Chapada dos Veadeiros você tem a nítida impressão que a Via Láctea está em outro plano, é um sensação de profundidade que só pude observar ali. Nesse ano também tivemos um céu bastante movimentado, com alguns radiantes de 3 chuvas de meteoros distintas.

Claro que a noite é o Ato principal mas.... os churrascos e os sandubas nos almoços com os amigos é bom demais também!

E pra variar esse ano tivemos vários problemas... foi de conserto de montagem queimada à chinelo arrebentado! 😁😁😁😁


Termino, com essas imagens, a temporada de fotografia, contemplação e observação do Cosmos de 2022 na Chapada dos Veadeiros!

NGC 1291, também conhecida como NGC 1269 é uma galáxia em anel com uma barra interna incomum e estrutura de anel externa localizada a cerca de 33 milhões de anos-luz de distância na constelação de Eridanus


O Cygnus Loop é um grande remanescente de supernova (SNR) na constelação de Cygnus, uma nebulosa de emissão medindo quase 3° de diâmetro. Alguns arcos do laço são conhecidos coletivamente como Nebulosa do Véu.


NGC 6729 é uma nebulosa de reflexão e emissão (uma região de formação de estrelas), localizada a cerca de 424 anos-luz de distância na constelação de Corona Australis (The Southern Crown). Faz parte de um dos berçários estelares mais próximos da Terra.


Sh2-119 é uma vasta nebulosa de emissão visível na constelação do Cisne. Muito perto da famosa nebulosa da América do Norte, tem a forma de 2 conchas que, dispostas a leste e oeste da estrela 68 Cygni, parecem querer envolvê-la. São visíveis filamentos finos e casulos de nebulosas escuras, que contrastam fortemente com a nebulosa e o campo estelar.


WR 134 é uma estrela variável Wolf-Rayet localizada a cerca de 6.000 anos-luz de distância da Terra na constelação de Cygnus, cercada por uma nebulosa bolha fraca soprada pela intensa radiação e vento rápido da estrela. É cinco vezes o raio do Sol, mas devido a uma temperatura acima de 63.000 K é 400.000 vezes mais luminoso que o Sol.


A galáxia do Olho Negro (Messier 64, NGC 4826) é uma galáxia espiral localizada a aproximadamente dezessete milhões de anos-luz (cerca de 5,2 megaparsecs) de distância na direção da constelação da Cabeleira de Berenice. Possui aproximadamente oitenta e seis mil anos-luz de diâmetro.
Possui esse nome devido a sua extraordinária aparência escura com numerosos pontos brilhantes. A característica mais estranha e peculiar observada nesta galáxia diz respeito aos seus movimentos internos, enquanto os braços externos movem-se em uma direção, a parte interna move-se para outra direção, este fato é de difícil explicação, mas os cientistas acreditam na hipótese de que a galáxia NGC 4826 seja o resultado da colisão entre duas galáxias, uma grande e uma pequena.


As Plêiades (Messier 45), são um grupo de estrelas na constelação do Touro e são facilmente visíveis a olho nu nos dois hemisférios.
Consistem de várias estrelas brilhantes e quentes que se formaram nos últimos 100 milhões de anos, de espectro predominantemente azul. As Plêiades têm vários significados em diferentes culturas e tradições.



Céus limpos a todos
Que venha 2023!
@astronomiaNoCerrado


Um grupo de amigos e um céu escuro faz o tempo desaparecer!

O criador da Teoria da Relatividade, Albert Einstein, referia-se ao fato de o tempo ser relativo, vinculando-o à velocidade. Como fazer a no...